Mensagens


Ressurreição

ressureicao“Assim que, daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne; e, ainda que também tenhamos conhecido a Cristo segundo a carne, contudo, já não o conhecemos desse modo. Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”. (2 Coríntios 5.16,17)

O versículo 17 fala sobre transformação, que é a essência do Evangelho, mas não aparece na Bíblia como um texto isolado; ele está intimamente ligado ao versículo 16, que fala sobre conhecer a Cristo. Acredito que os dois assuntos estão vinculados entre si. Toda transformação experimentada pelo crente vem em função do conhecimento que ele tem de Jesus Cristo. Há dois diferentes níveis de conhecimento mencionados pelo apóstolo Paulo no versículo 16:

O conhecimento “segundo a carne”, que pertence à dimensão natural.

O conhecimento “de um outro modo”, que por ser diferente do primeiro, e mencionado em outros lugares da Bíblia, denominamos como “conhecimento espiritual”, ou ainda de “revelação”.

Paulo declara que a forma correta de se conhecer a Cristo é esta segunda. E depois de ter feito esta afirmação é que ele fala sobre o ser nova criatura, porque isto é uma conseqüência de se conhecer a Cristo “de um outro modo”.

Leia mais...
 
Conhecer a Deus

conhecer a deus“Assim que, daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne; e, ainda que também tenhamos conhecido a Cristo segundo a carne, contudo, já não o conhecemos desse modo. Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”. (2 Coríntios 5.16,17)

O versículo 17 fala sobre transformação, que é a essência do Evangelho, mas não aparece na Bíblia como um texto isolado; ele está intimamente ligado ao versículo 16, que fala sobre conhecer a Cristo. Acredito que os dois assuntos estão vinculados entre si. Toda transformação experimentada pelo crente vem em função do conhecimento que ele tem de Jesus Cristo. Há dois diferentes níveis de conhecimento mencionados pelo apóstolo Paulo no versículo 16:

O conhecimento “segundo a carne”, que pertence à dimensão natural.

O conhecimento “de um outro modo”, que por ser diferente do primeiro, e mencionado em outros lugares da Bíblia, denominamos como “conhecimento espiritual”, ou ainda de “revelação”.

Leia mais...
 
Um resumo do evangelho em seis pontos

evangelhoBase Bíblica: Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus. (1 Pedro 3.18)
Aqui está um resumo do evangelho para ajudar você a entendê-lo e apreciá-lo!

1) Deus nos criou para sua glória.
“Trazei meus filhos de longe e minhas filhas, das extremidades da terra, a todos os que são chamados pelo meu nome, e os que criei para minha glória” (Isaías 43.6-7). Deus fez a todos nós à sua própria imagem para que pudéssemos manifestar, ou refletir, seu caráter e beleza moral.

2) Todo ser humano deve viver para a glória de Deus.
“Quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus” (1 Coríntios 10.31). O caminho para viver para a glória de Deus é amá-lo (Mateus 22.37), confiar nele (Romanos 4.20), ser grato a ele (Salmo 50.23) e obedecê-lo (Mateus 5.16). Quando fazemos estas coisas, manifestamos a glória de Deus.

Leia mais...
 
Louve a Deus no Sofrimento

sofrimento“Por que isto está acontecendo?” Esta pergunta geralmente surge em meio a dor, tristeza, e tragédia. Se você se sente da mesma forma, você não está sozinho. Até aqueles que amam a Deus podem se sentir como se tivessem sido abandonados. O filho de Deus chorou, “Meu Deus, Meu Deus, porque me abandonaste?” (Mateus 27:46). A escritura revela que Deus permite que o sofrimento venha sobre aqueles que Ele ama. Em Salmos 22, até Davi, um “homem segundo o coração de Deus” (1 Samuel 13:14), clama a Deus, “Por quê?”

Davi claramente expressa seu sofrimento e sentimento de impotência. Mas no final dos Salmos, seu lamento se transforma em louvor, mesmo quando suas circunstâncias não mudaram. Davi está dizendo que podemos intencionalmente louvar a Deus no meio do sofrimento.

Quando você se encontra em um processo difícil, é fácil questionar o caráter de Deus. Você pode se perguntar: Por que Deus permitiria que eu sofresse? Talvez você até tenha sido tentado a rotular Deus como negligente ou malicioso em meio a dor.

A Bíblia nos conta um história diferente. O caráter de Deus é completamente perfeito; Ele sempre age com o melhor interesse em mente. Quando você lembra que Deus é completamente bom e também infinitamente sábio, você começa a entender como, ao longo de toda escritura, ele usa o sofrimento para alcançar grandes coisas através daqueles que ele ama.

Leia mais...
 
Casamento - Sexo Oral é Pecado?

intimidadeRelacionadas à intimidade sexual devem ser tratadas com o que podemos chamar de modéstia verbal e não com palavras chocantes e grosseiras. Eu acredito que a falta de modéstia no vestir e no falar são erradas. Isso é o que vai direcionar a minha forma de falar.

Essas questões são legítimas. Não tenho problema em responder a esse tipo de pergunta. É uma questão um pouco difícil e delicada, mas não tem problema. As pessoas querem direcionamento bíblico, então vou me esforçar para responder com sabedoria bíblica.

Em primeiro lugar, eu estou presumindo que a pergunta é somente sobre pessoas que estão casadas ao dar esse conselho. Fora do casamento, eu creio que é errado. Podemos falar mais detalhadamente sobre isso em outro momento, mas a resposta curta é a seguinte: o sexo oral parece ser ainda mais íntimo e delicado do que a cópula. Nós sabemos disso porque até os casados se perguntam se podem fazer. É como se fosse um estágio de intimidade que talvez seja inapropriado até para os casados, então pensar que pode ser um substituto inocente para a cópula, para que as pessoas possam obedecer a letra da lei fora do casamento, é uma ilusão. Essa é a primeira observação.

Leia mais...
 


Página 3 de 34

Versiculos

Salmos, 118:17 - Não morrerei; antes, viverei e contarei as obras do Senhor.

Visite-nos

Brasil - São Paulo - SP
Endereço: R. Nova dos Portugueses, 483
(proximo a estação do metro Santana)
Bairro:  Santa Teresinha
Fone: 2236-0720
Email: contato@igrejaplenadagraca.com