Noticias


Comores

cruz_jesusJovem é rejeitado por sua família por aceitar a Jesus
Em Comores, um jovem convertido do islamismo, foi preso e contraiu uma grave doença em sua pele enquanto esteve preso. Ele também foi rejeitado por seus familiares.
O sofrimento de Musta Kim começou em março de 2010, quando ele estava voltando de uma reunião de oração que havia acontecido durante a noite ele e percebeu que sua casa havia sido arrombada, em Mdjwayezi.

Ele pensou que fosse apenas um caso de roubo, por isso chamou a polícia. Mas quando a polícia chegou a sua casa, encontrou materiais cristãos, e isso mudou o rumo das investigações. A polícia começou a perguntar se Kim estava praticando uma fé proibida.
Com a ajuda da família de Kim, a polícia o prendeu e o torturou severamente, pois Kim havia abandonado o Islã. No interrogatório, os policiais feriram seu olho direito antes de jogá-lo em uma cela.

Leia mais...
 
Mundo
exploracao02Exploração:  Cristãos são vendidos no Sinai

Cerca de 100 dos 250 refugiados eritreus mantidos como reféns de traficantes beduínos no deserto do Sinai foram transferidos durante a noite.

Os eritreus são parte de um grupo muito maior de refugiados e requerentes de asilo provenientes do Sudão, Somália e Etiópia, presos durante um mês em condições degradantes.
Leia mais...
 
Missões
apedrejamentoApedrejamento
  
 Cristão condenado por "blasfêmia" é apedrejado na prisão
Em 29 de outubro, muçulmanos presos em uma prisão no noroeste da província de Punjab, no Paquistão, apedrejaram quase até a morte um cristão condenado injustamente de "blasfêmia", segundo o pai da vítima.
Imran Masih, de 19 anos e membro da Igreja Protestante do Paquistão (tradução livre), ainda se recupera no hospital distrital Hazro, onde foi admitido na Unidade de Terapia Intensiva no dia do ataque.
Ele trabalhava em uma barbearia de Hazro, perto de Attock, em julho de 2009, quando o proprietário, Nadeem Haider, o acusou de roubar 5.000 rúpias (60 dólares americanos).
O funcionário da delegacia de polícia local Junaid Mirza disse aos investigadores e a Compass Direct que Haider  pagou o inspetor Jamal Khan da delegacia de Madina para torturar Masih. Haider e Khan, então aumentaram a acusação de blasfêmia contra Maomé, o profeta do islã, e a Corte do Tribunal Judicial de Risalat Khawaja (tradução livre) condenou Masih a 10 anos de prisão em 03 de agosto.
Em 29 de outubro Masih estava sentado após as orações de sexta-feira quando um grupo de presos começou a apedrejá-lo com as rochas dos campos da prisão, gritando que ele era um blasfemo e deve ser morto.
Haider disse no mês passado ao pai de Masih, Basharat Masih, que garantiria que o filho não sairia vivo da prisão. O ancião Masih suspeita de Haider e Khan como arranjadores do apedrejamento.
Data: 1/12/2010
Fonte: Portas Abertas
Cristão condenado por "blasfêmia" é apedrejado na prisão

Em 29 de outubro, muçulmanos presos em uma prisão no noroeste da província de Punjab, no Paquistão, apedrejaram quase até a morte um cristão condenado injustamente de "blasfêmia", segundo o pai da vítima.
Leia mais...
 
Curiosidades
carro

Abra o "Link" abaixoMova o "mouse" até encontrar o celular que esta tocando
Quando o achar, atenda !

Clique Aqui 

 
Biblioteca Mundial
wdlA
NOTÍCIA DO LANÇAMENTO NA INTERNET DA WDL, A BIBLIOTECA DIGITAL MUNDIAL.
QUE PRESENTE DA UNESCO PARA A HUMANIDADE INTEIRA !!!
Já está disponível na Internet, através do site  www.wdl.org <http://www.wdl.org/>
É uma notícia QUE NÃO SÓ VALE A PENA REENVIAR MAS SIM É UM DEVER
ÉTICO, FAZÊ-LO!
Reúne mapas, textos, fotos, gravações e filmes de todos os tempos e
explica em sete idiomas as jóias e relíquias culturais de todas as
bibliotecas do planeta.
Tem, sobretudo, caráter patrimonial" , antecipou em LA NACION
Abdelaziz Abid, coordenador do projeto impulsionado pela UNESCO e
outras 32 instituições. A BDM não oferecerá documentos correntes, a
não ser "com valor de  patrimônio, que permitirão apreciar e conhecer
melhor as culturas do mundo em idiomas diferentes:árabe, chinês,
inglês, francês, russo, espanhol e português. Mas há documentos em
linha em mais de 50 idiomas".
Entre os documentos mais antigos há alguns códices precolombianos,
graças à contribuição do México, e os primeiros mapas da América,
desenhados por Diego Gutiérrez para o rei de Espanha em 1562",
explicou Abid.
Os tesouros incluem o Hyakumanto darani , um documento em japonês
publicado no ano 764 e considerado o primeiro texto impresso da
história; um relato dos azetecas que constitui a primeira menção do
Menino Jesus no Novo Mundo; trabalhos de cientistas árabes desvelando
o mistério da álgebra; ossos utilizados como oráculos e esteiras
chinesas; a Bíblia de Gutenberg; antigas fotos latino-americanas da
Biblioteca Nacional do Brasil e a célebre Bíblia do Diabo, do século
XIII, da Biblioteca Nacional da Suécia.
Fácil de navegar:
Cada jóia da cultura universal aparece acompanhada de uma breve
explicação do seu conteúdo e seu significado. Os documentos foram
passados por scanners e incorporados no seu idioma original, mas as
explicações aparecem em sete línguas, entre elas O PORTUGUÊS. A
biblioteca começa com 1200 documentos, mas foi pensada para receber um
número ilimitado de textos, gravados, mapas, fotografias e
ilustrações.
Como se acede ao sítio global?
Embora seja apresentado oficialmente  na sede da UNESCO, em Paris, a
Biblioteca Digital Mundial já está disponível na Internet, através do
sítio:
www.wdl.org
O acesso é gratuito e os usuários podem ingressar diretamente pela
Web , sem necessidade de se registrarem.
Permite ao internauta orientar a sua busca por épocas, zonas
geográficas, tipo de documento e instituição. O sistema propõe as
explicações em sete idiomas (árabe, chinês, inglês, francês, russo,
espanhol e português), embora os originas existam na sua língua
original.
Desse modo, é possível, por exemplo, estudar em detalhe o Evangelho de
São Mateus traduzido em aleutiano pelo missionário russo Ioann
Veniamiov, em 1840. Com um simples clique, podem-se passar as páginas
um livro, aproximar ou afastar os textos e movê-los em todos os
sentidos. A excelente definição das imagens permite uma leitura cômoda
e minuciosa.
Entre as jóias que contem no momento a BDM está a Declaração de
Independência dos Estados Unidos, assim como as Constituições de
numerosos países; um texto japonês do século XVI considerado a
primeira impressão da história; o jornal de um estudioso veneziano que
acompanhou Fernão de Magalhães na sua viagem ao redor do mundo; o
original das "Fábulas" de La Fontaine, o primeiro livro publicado nas
Filipinas em espanhol e tagalog, a Bíblia de Gutemberg, e umas
pinturas rupestres africanas que datam de 8.000 A.C.
Duas regiões do mundo estão particularmente bem representadas:
América Latina e Médio Oriente. Isso deve-se à activa participação da
Biblioteca Nacional do Brasil, à biblioteca de Alexandria no Egipto e
à Universidade Rei Abdulá da Arábia Saudita.
A estrutura da BDM foi decalcada do projecto de digitalização da
Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, que começou em 1991 e
atualmente contém 11 milhões de documentos em linha.
Os seus responsáveis afirmam que a BDM está sobretudo destinada a
investigadores, professores e alunos. Mas a importância que reveste
esse sítio vai muito além da incitação ao estudo das novas gerações
que vivem num mundo audio-visual.
"Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo, mas posso
fazer alguma coisa. E, por não poder fazer tudo, não me recusarei a
fazer o pouco que posso"
Edward Everett Hale
notícia do lançamento na Internet da WDL, a Biblioteca Digital Mundial.

Que presente da UNESCO para a humanidade inteira !!!

Já está disponível na Internet, através do site www.wdl.org

É uma notícia que não só vale a pena reenviar mas sim é um dever ético, fazê-lo!

Leia mais...
 


Página 2 de 5

Versiculos

Salmos, 37:3 - Confia no Senhor e faze o bem; habita na terra e alimenta-te da verdade.

Visite-nos

Brasil - São Paulo - SP
Endereço: R. Nova dos Portugueses, 483
(proximo a estação do metro Santana)
Bairro:  Santa Teresinha
Fone: 2236-0720
Email: contato@igrejaplenadagraca.com