Mensagens
Comportamento

comportamentoTexto básico: Romanos 12.9-11
Texto devocional: Mateus 5.43-48
Versículo-chave: “E também faço esta oração: que o vosso amor aumente mais e mais em pleno conhecimento e toda a percepção, para aprovardes as coisas excelentes e serdes sinceros e inculpáveis para o Dia de Cristo” (Fp 1.9-10).

Alvo da lição: Você conhecerá os passos para chegar à excelência da vida cristã sem “mur¬murações nem contendas”.
Leia a Bíblia diariamente

SEG Fp 1.27-30; TER Fp 2.1-4; QUA Fp 2.12-18; QUI Mt 5.38-42; SEX Mt 6.19-24; SÁB Mt 6.25-34; DOM Mt 7.1-5
Iniciamos esta lição com Provérbios 26.18-20: “Como o louco que lança fogo, flechas e morte, assim é o homem que engana a seu próximo e diz: Fiz por brincadeira. Sem lenha, o fogo se apaga; e, não ha-vendo maldizente, cessa a contenda”.

Paulo começa a seção ética de sua carta aos Romanos com a excelência do “culto racional” e da diversidade dos dons espirituais que devem estar a serviço da igreja. Entre os dons espirituais e os degraus do comportamento cristão, exatamente no começo de Romanos 12.9, ele coloca a pedra angular da ética cristã: “o amor seja sem hipocrisia”. O amor, que é realmente o princípio governante da vida cristã, é mais do que uma emoção, e é de natu¬reza mais firme do que mero sentimentalismo ou pura filantropia. Salomão poetiza esse amor sem hipocrisia, dizendo: “Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura, o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, são veementes laba¬redas. As muitas águas não poderiam apagar o amor, nem os rios, afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens da sua casa pelo amor, seria de todo desprezado” (Ct 8.6-7). A partir do “amor sem hipocrisia”, vêm os degraus da ética do comportamento cristão, que vamos estudar em lições seguintes. Nesta lição trataremos de seis desses degraus.

Leia mais...
 
Coisas que as Mulheres Maduras não fazem no Casamento

mulher sabia casamento1. Não sacrificam outros relacionamentos
Depois que se casam, existem aquelas que sepultam amizades importantes, porém, é necessário lembrar que os amigos e familiares estão a mais tempo na sua vida. As mulheres maduras buscam o equilíbrio feliz entre as amizades que agregam valor em sua vida e o seu conjuge.

2. Não se esquecem de agradecer ao seu cônjuge
Depois de algum tempo casada é fácil esquecer de apreciar as pequenas coisas que o marido faz. Para as mulheres maduras compartilhar sua vida com um companheiro de viagem conjugal é uma dadiva divina, por isso elas não se esquecem de dizer, por favor, e obrigado.

3. Valorizam a independência financeira
Mesmo que o conjuge tenha uma boa condição financeira, se for possível é importante ter a própria independência. As mulheres maduras não pedem tudo, mas se sentem felizes por poder contribuir e aliviar o fardo do companheiro para ter o que necessitam.

4. Não se concentram nas características ruins do seu cônjuge.
As mulheres maduras buscam as características boas de seus cônjuges, em vez daquilo que é ruim e negativo. Concentram-se no que eles fazem e dizem de bom e tentam não os julgar por suas falhas, pois entendem que elas também as têm.

Leia mais...
 
Como ser Abençoado nas Finanças !

abencoado financasQuando eu ainda era menino, em certa ocasião, saí com uma quantia em dinheiro para comprar algo no supermercado para a minha mãe. Coloquei o dinheiro no bolso e, obviamente, contava com ele na hora de pagar aquela compra, mas não o encontrei. Revirei o bolso várias vezes à sua procura, e não o achei, até que me dei conta de que havia um furo num dos cantos daquele bolso! Como é triste contar com as suas reservas e descobrir que elas já não existem! Este é um exemplo do que acontece com quem não deixa Deus ser o Primeiro em sua vida (e em suas finanças).

Uma das principais razões da falta de prosperidade financeira é abordada na Bíblia como tendo a sua raiz no egoísmo e na falta de sensibilidade para com o que deve ser feito em prol da Casa e do Reino do nosso Deus. Se, por um lado, a Lei das Primícias nos conduz à bênção por colocarmos Deus em primeiro lugar, por outro lado, deixá-Lo por último, como a parte menos importante de nossas vidas, traz maldição.
E isto é algo que tem acontecido a muitos cristãos em nossos dias. O verdadeiro problema deles não é uma falta de oração por prosperidade, mas uma verdadeira inversão de valores.

Leia mais...
 


Página 3 de 50

Versiculos

João, 14:1 - Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.

Visite-nos

Brasil - São Paulo - SP
Endereço: R. Nova dos Portugueses, 483
(proximo a estação do metro Santana)
Bairro:  Santa Teresinha
Fone: 2236-0720
Email: contato@igrejaplenadagraca.com